Série Heróis Esquecidos: 2º Ten. Av. John Richardson Cordeiro e Silva do 1º GAvCa

john richardsonO jovem 2º Tenente-Aviador John Richardson Cordeiro e Silva foi mais um brasileiro que deixou a vida no campo de batalha italiano na Segunda Guerra Mundial em defesa dos ideais democráticos. O Tenente Cordeiro era carioca, nascido no Rio de Janeiro no dia 29 de setembro de 1922.

Ao ingressar no 1º Grupo de Caça (1º GAvC), realizou os treinamentos em Aguadulce no Panamá e em Suffolk nos Estados Unidos, onde o 1º GAvC se preparou para partir para a guerra na Itália. Por ocasião do treinamento no Panamá, o seu espírito brincalhão se manifestou. Ao final de um exercício de treinamento e ao retornar para a Base, verificou que o trem de pouso do seu caça não funcionava. Em seguida ele se comunicou com a Base avisando do problema e se preparou para o um “pouso de barriga”, a alternativa imediata para esses casos. Fez um pouso magnífico apesar do problema. Assim que o avião parou ele saltou fora rapidamente enquanto seus colegas correram até ele para abraça-lo. A eles, ele disse sorrindo algo como “calma gente, eu não morro fàcilmente”. Já na Itália, certa vez no acampamento, ele disse brincando aos colegas que ia “tirar um fino” na barraca do comandante. E cumpriu o que disse, sendo punido com prisão por uns dias.

Poucos dias depois veio a primeira missão de guerra para o irreverente Tenente Cordeiro e ele partiu para ela com coragem no seu Thunderbolt P-47. Era o dia 06 de novembro de 1944 e agora, justamente na sua 1ª missão era o destino que lhe pregava uma peça, cobrando dele o valioso tributo da vida. O Tenente Cordeiro não retornou a Base. Fora atingido pelo fogo da artilharia antiaérea inimiga em Livergnano, no distrito Municipal de Pianoro. Após a guerra, seus restos mortais foram trasladados do Cemitério Militar de Pistóia para o Brasil e repousam no Monumento aos Mortos da Segunda Guerra, no Rio de Janeiro.

Como mais uma manifestação de carinho e reconhecimento dos italianos para os militares brasileiros, na cidade de Livergnano foi erguido um monumento em sua homenagem no qual constam as seguintes palavras: “Em memória do 2º Tenente John Richardson Cordeiro e Silva, primeiro piloto brasileiro morto em combate durante a II Guerra Mundial no dia 6 de novembro de 1944, e de todos os integrantes da Força Aérea Brasileira que aqui lutaram por um mundo livre e mais justo. O sacrifício deles não deve ser esquecido”.

O Tenente Cordeiro recebeu as seguintes condecorações: Cruz de Bravura; Cruz de Aviação fita “B”; Campanha da Itália; Ordem do Mérito Aeronáutico; e “Presidential Unit Citation” (EUA).

Colaborador: Marcus Vinicius de Lima Arantes (mv-arantes@uol.com.br)

Fontes: Anotações e arquivos pessoais / Site ABRA-PC / Foto- Museu da Vitória Brig Nero Moura

Veja também:

Série Heróis Esquecidos: Sd João Moreira Alberto – 6º RI

Série Heróis Esquecidos: Sd Alberto Rossi – 6º RI

Série Heróis Esquecidos: Sd Abonilo Amaro de Melo – 1º RI

Série Heróis Esquecidos: Sd Humberto Alves Nogueira – 11º RI

Série Heróis Esquecidos: Sd Arlindo Tavares Pontes – 1º RI

Série Heróis Esquecidos: Sg Nilo de Morais Pinheiro – 11º RI

Série Heróis Esquecidos: Sg Max Wolf Filho – 11º RI

Série Heróis Esquecidos: Sg José Fonseca e Silva – 11º RI

Série Heróis Esquecidos: Sd Júlio Nicolau – 11º RI

Série Heróis Esquecidos: Sd João Nunes – 1º RI

Série: Heróis Esquecidos – Sd Olavo Soares do Amaral

Série Heróis Esquecidos: Soldado José Varela‏

Série Heróis Esquecidos – Tenente Deschamps


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

WordPress Themes