2º Sgt. Sílvio Martins Lage da Companhia de Serviços do 11º RI

Hoje com 94 anos e reside em Itabira-MG. Nasceu em 30 de julho de 1918. É pai de 8 filhos e viúvo.

Com quase um século de vida é uma das poucas testemunhas vivas do maior conflito armado que assolou o planeta: a Segunda Guerra Mundial.

De 1944 a 1945, tempo em que a FEB esteve na Itália, gerenciava frota de caminhões que transportava tropas e armamentos, além de tanques blindados.

Quanto aos campos de batalha, sempre evitou relembrar.

“…Era terrível. Bombas e minas por toda parte….”

Os companheiros de batalha são para ele eternos e lembra com muito carinho.

“…Amigo de guerra é amigo mesmo. A gente pode confiar…”

De volta ao Brasil, com 2 filhos, desligou-se do Exército, ficou sem emprego e cheio de neurose.

Como civil, foi trabalhar na Acesita (Cia. Aços Especiais Itabira), onde trabalhou até se aposentar.

Só muito mais tarde, ele passou a receber uma pensão do Exército, como inativo.

Depois de muito sofrimento, principalmente de minha mãe, ele conseguiu ter uma vida razoavelmente normal. Sempre teve atitudes neuróticas, consequência dos sofrimentos de guerra.

Foi sempre um desportista, jogou futebol até os 70 anos.

Foi vereador da cidade de Itabira por dois mandatos

Hoje, apesar de muito esquecido, está lúcido e independente, tem uma saúde invejável.

Colaboradora: Lúcia Maria Lage


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

1 comentário

  1. Edson José Rodrigues Fidalgo /

    O meu saudoso pai, Edmundo Rodrigues Fidalgo, serviu também no 11º R.I., 7ª cia. Hoje, a minha mãe recebe pensão de 1º tenente.Abraço ao 2º sgt Silvio .

Deixar um comentário

Free WordPress Theme