Nota de Falecimento: Enfermeira Virgínia Leite

Virginia Leite (1915-2012)

Um dia como voluntária da Cruz Vermelha Brasileira saiu do Brasil, a enfermeira de Irati( Pr), rumo à Itália, juntamente com um grupamento de 68 enfermeiras. Não batalhou nas linhas avançadas, mas no cumprimento do dever ajudou a suavizar os temores dos combatentes. Prestou serviços no 7° Station Hospital em Livorno porto de mar, e no 16º Evacacion de Pistóia, lá atendeu centenas de feridos brasileiros e americanos, bem como a população local.Fez da sua profissão um ato de fé e humanismo, ajudou a aliviar a dor dos homens feridos e a acalentar os seus sofrimentos.
Do retorno à pátria, buscou superar a si mesma, uma página virada na vida. Com o seu testemunho perante a geração atual, procurou mostrar com dignidade o papel do soldado, uma homenagem sua pessoal aos mortos que tombaram nos campos de batalha

No Paraná foi uma das fundadoras da Legião Paranaense do Expedicionário e depois do próprio Museu em 1982.Viajou o Brasil todo recolhendo peças e equipamentos que pertenceram à FEB. Foi Diretora Social da Casa do Expedicionário por mais de 50 anos. Na carreira militar atingiu o posto de 2º tenente. Nesta homenagem, que prestamos a Virginia Leite também uma reverência às paranaenses enfermeiras já falecidas, como Maria Suarez,Acácia Cruz, Wanda Majewski  Edith Fanha,Jaci Cheves, Hilda Ribeiro e Guilhermina Gomes.

Fica aqui registrado, o grande mérito desta enfermeira incansável, que manteve até o último momento a chama viva da vida e fazer voltar à pátria aqueles valorosos rapazes.

Fazemos do verso abaixo o nosso pensamento:

Heroína palavra singela
Para contar vossa infinita glória
Não há expressão, por mais grandiosa e bela
Que possa vos fixar na História.

http://www.youtube.com/watch?v=myugvhuIyqE

Colaboradora:

Carmen Lúcia Rigoni ( historiadora e amiga)
Curitiba, 5 de janeiro de 2012.
clrigoni@terra.com.br

Fotos: Claudia Wasilewski e Jornal Comunicação/Curitiba-PR


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

14 comentários

  1. que deus a tenha em bom lugar mulher guerreira brasileira

  2. isalete leal /

    Bravas enfermeiras! Minha gratidão a enfermeira Virgínia que soube honrar nossa Pátria com dedicação e amor nos cammpos de batalha e na divulgação da FEB. Mais uma estrela brilhando na constelação da FEB.

  3. Sergio Rodrigues Gonzalez /

    Eu, na Associação dos Ex-Combatente do Brasil-Seção de São Paulo, por inúmeras vezes nossos pracinhas citavam o nome da Enfermeira da FEB, Tenente Virginia Leite,com profundo respeito e admiração pelo trabalho que desempenhou na Itália como também pela dedicação dela para a preservação da memória desses ilustres Soldados. Quem mais falava dela é nosso veterano padioleiro de frente de batalha Julio do Valle.
    É com muito pesar saber que perdemos essa guerreira,mas ela estará sempre na nossa memória e junto com suas admiradas companheiras no Exército do Senhor.

  4. Maria do Socorro Sampaio M. de Barros /

    Dileta amiga de minha mãe também da FEB, mantiveram em todos os anos de suas vidas forte ligação. Desde criança aprendi a respeitar o modelo de mulher que essas “destemidas moças” testemunharam com sua atuação nos campos de batalha durante a Segunda Guerra Mundial. A doçura na voz da Enf Ten Virginia Leite bem nos mostrava a dedicação delas com seus pacientes feridos.
    Mais um Anjo de Branco se faz presente em seu lugar de origem!
    O CÉU está em festa!

  5. Alexander De Marco /

    Conheci a Sra. Virgínia Leite durante as gravações da série da RPCTV sobre a FEB. Impossível não se apaixonar pela pessoa carismática, meiga e educadíssima que ela era. Nos tornamos amigos e ela me ligava, ao menos uma vez por semana, para perguntar se estávamos bem e se não poderia conseguir mais uma cópia do programa para que ela pudesse presentear um amigo. Ainda bem que atendi seus pedidos prontamente.
    Lembro do dia em que ela assistiu ao programa e telefonou, quase que imediatamente, para nos dar os parabéns pela série e agradecer nosso empenho na tarefa de contar a história da participação do Brasil e dos paranaenses na Segunda Guerra Mundial. Nós é que agradecemos querida Virgínia.
    O nome de Virgínia Leite nos abriu portas na Itália durante as gravações e ficamos muito felizes e comovidos com o reconhecimento que ela tem naquele país.
    O Brasil e a Itália estão em luto!

    Alexander De Marco
    Jornalista

  6. Bárbara Bilek /

    Mais uma estrela está no ceú agora!

    Orgulho dela ter feito para da minha vida e da minha familia!

    Mulher Guerreira de muita fé. Sra. Enfermeira Virgínia Leite.

    Com carinho,admiração e respeito.

    Bárbara Bilek

  7. Ana Paula Prati /

    Tia querida, que a senhora esteja no lar do nosso Paizinho ao lado de todos que ama, mas já se foram, fazendo muita festa!!! Seu exemplo será lembrado para sempre e passado de geração a geração. Obrigada!!! Fique em paz!!!

  8. Sandra Oliveira Morita /

    Como profissional da saúde e que se dedica ao bem estar e a saúde dos enfermos, fico muito triste pela perda de uma verdadeira heroína do nosso meio, perceber o carinho, respeito e admiração desta guerreira, só nos faz seguir em frente em nossa árdua missão de salvar vidas… OBRIGADA PELO EXEMPLO E DESCANSE EM PAZ!

  9. José Carlos Leite Junior /

    Os comentários ao artigo espelham com muita nitidez o quanto Virgínia Leite era respeitada e admirada. Exemplo de mulher de fibra, de personalidade forte, cumpriu suas missões de forma marcante para muita gente.

    Nos deixou com absoluta serenidade, aos 95 anos.

    Em seu guardamento não senti nem vislumbrei o sentimento de pesar e de dor comuns em tais ocasiões, pois havia ali a convicção de uma longa e intensamente produtiva vida que encerrava um ciclo.

    Morreu a Expedicionária e Tenente do Exército Brasileiro Virgínia Leite e eternizou-se em nossos corações, vivíssima, a Santa Leite, Tia Santa de incontáveis sobrinhos, que finalmente se tornou atemporal. Foi assim que a senti por décadas: uma pessoa fora do domínio do tempo.

    Cumprimento, finalmente, como forma de agradecimento, a Professora Carmen Rigoni, por sua conhecida dedicação à amizade que as uniu por tanto tempo, bem marcada no verso que transcreveu.

  10. Senti muito a morte de nossa amiga Virginia, pois ela foi realmente um exemplo de vida para seus amigos.No CÉU ela estará realmente muito feliz com seus meninos, como ela sempre os tratava, os veteranos.Meu carinho a essa Heroína.
    Maria Izabel

  11. Carmen Lúcia Rigoni /

    Com emoção li todos os comentarios, que fazem juz à nossa ilustre personagem Virginia Leite.A admiração ainda é maior em função da repercusssão dos eventos que ocorreram em Curitiba. Manisfestações singelas dos amigos são sempre muito tocantes. A ultima continência prestada no cemitério Agua Verde, proporcionada por um pelotão expressivo formado por integrantes do Exército e oficiais, bem como oficiais da reserva e integrantes das missões de paz, tocaram nossos corações com o corneteiro a soar o toque do silencio. Lá se foi uma dama, uma anjo de branco, que em tempos dificeis, como voluntaria partiu para a guerra e participou do Serviço e Saúde da FEB,com o objetivo unico de atender aos nossos soldados. Memória viva dos eventos da 2ª Guerra Mundial, foi um baluarte da história – memória, a inspirar historiadores, cronistas, e pesquisadores. Grande parte do meu conhecimento sobre a FEB devo a Virginia. Por seu incentivo escrevi quatro livros e dezenas de artigos. A ultima obras , Anjos de Branco foi minha maior homenagem, a esta senhora além do seu tempo, cuja partida, deixou um vazio enorme em meeu coração;
    Que Deus a abençoe.
    Carmen Lúcia Rigoni

  12. Maria do Socorro Sampaio M. de Barros /

    Querida Carmem você preencheu a vida dessa mulher espetacular, Ten Virginia! Ela foi grata por tudo que você fez.
    Foi com muito respeito e carinho que ela me disse para procura-la durante a Convenção dos Veteranos. Foi enfática ao dizer ser você a pessoa responsável para falar sobre as enfermeiras da FEB.
    O Brasil agradece sua dedicação por traduzir conhecimento e objetividade nos livros publicados.

  13. Giovana Pires Fonseca /

    Cara tia santa (Virgínia leite ) vc foi muito importante para nossa FAMÍLIA !!!!!!!!!!!
    Te amamos e sempre te amaremos tia Santa !!!!!!!
    Vc foi a enfermeira brasileira mais importante na segunda guerra mundial !!
    Vc é nossa guerreira preferida e é o melhor exemplo de vida e sempre será!!!!

    TE AMAMOS MUITO TIA SANTA(VIRGÍNIA LEITE)!!!!!!!!!!!!!!!

    :) :) :) :) :) ;)
    De sua Subrinha neta Giovana Pires Fonseca ,Mariana Pires Fonseca

  14. andre galante /

    sinto muito a partida dessa incrivel personalidade que marcou minha vida quando fiz estagio em 1993…imagen inesquecivel sempre de sua chegada ao MEXP,,, saudades tambem de thomaz Walter Iversen e Carmen lucia Rigoni entre outras….saudades eternas a Virginia leite…

Trackbacks/Pingbacks

  1. Observações sobre o Museu do Expedicionário | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - […] Nota de Falecimento: Enfermeira Virgínia Leite […]

Deixar um comentário

WordPress Blog