II Festival de Cinema de História Militar é promovido com sucesso

Por Israel Blajberg

Edição Derek Destito Vertino

O evento foi promovido com sucesso e encerrado no último dia 28 de Setembro no Centro Cultural da Justiça Federal do Rio de Janeiro. O Festival de Cinema contou com a organização da Pátria Filmes, Associação Nacional dos Veteranos da FEB, Academia de História Militar Terrestre do Brasil, Sociedade de Amigos da Marinha do Rio de Janeiro, CH Grupo e Instituto de Geografia e História Militar do Brasil.

Para agraciar os melhores filmes do Festival MILITUM 2018, foi criado o Prêmio-Troféu Apollo, uma homenagem ao Major Apollo Miguel Rezk, veterano da Força Expedicionária Brasileira e herói da Segunda Guerra Mundial em Monte Castello e La Serra.

Foram concedidos 4 APOLLOS a filmes que enfocam temática naval:

APOLLO DE MELHOR DIREÇÃO –  O Destino do Changri-la´ (DOC – BRA – 56′ – 2015), de Flávio Cândido

APOLLO HISTORIADOR –  O Destino do Changri-la´ (DOC – BRA – 56′ – 2015), de Flávio Cândido

APOLLO SOAMARINO –  Luz verde no convoo – 100 anos da Aviac¸a~o Naval brasileira (DOC – BRA – 70′ – 2016), de Rafael Miranda

APOLLO DE MELHOR FOTOGRAFIA  –  A Montanha do Mar (DOC – BRA – 30′ – 2018), de Rafael Duarte e Ítalo Yure

O Dr José Antonio de Souza Batista, Presidente da SOAMAR-RIO, entregou o APOLLO SOAMARINO ao Capitao-Tenente Miranda, diretor do filme premiado. A Tenente Vanessa Ferreira e mais duas oficiais do Centro de Comunicação Social da Marinha representaram a Instituição no evento de premiação.

O Festival MILITUM 2018 concedeu os seguintes troféus em outras temáticas:

APOLLO DE MELHOR FICÇÃO
Homens da Pátria (FIC – BRA – 82′ – 2015), de Gastão Coimbra

APOLLO DE MELHOR DOCUMENTÁRIO
Virgínia – uma enfermeira brasileira na Segunda Guerra Mundial (DOC – BRA – 16′ – 2016), de Alexandre de Oliveira

APOLLO DE MELHOR ANIMAÇÃO
Os Melhores Amantes Bebem Café (ANI – BRA – 14′ – 1998), de Wilson Lazaretti

APOLLO DE MELHOR ROTEIRO
O Grupamento Feminino de Enfermagem da FEB (DOC – BRA – 22′ – 2003), de Margarida Bernardes

APOLLO DE MELHOR MONTAGEM
Homens da Pátria (FIC – BRA – 82′ – 2015), de Gastão Coimbra

APOLLO FEBIANO
Você Sabe de Onde Eu Venho? – Memórias brasileiras na II Guerra Mundial (DOC – BRA – 23′ – 2017), de Felipe Siqueira

APOLLO FEMININO
Pelos Olhos de Aracy (DOC – BRA – 18′ – 2018), de Ruyter Curvello Duarte

APOLLO DE MELHOR FILME PELO JÚRI POPULAR
Sangue, amor e neve (FIC – BRA – 65′ – 1958), de Jerônimo Jeberllotti

O encerramento do Festival MILITUM aconteceu na Sala de Sessões do Centro Cultural da Justiça Federal. O professor Israel Blajberg palestrou sobre o legado heróico do Major Apollo Miguel Rezk – homenageado no evento. Em seguida, o coordenador do Festival, o cineasta Daniel Mata Roque promoveu a entrega das estatuetas aos filmes contemplados com o troféu Apollo.

Estavam presentes entre outros o Presidente da ANVFEB Dr Breno Amorim e Sra, diretores e produtores dos filmes apresentados no Festival, membros do juri, Alte Médico Dr Roberto Becman, Cel Av. Médico Dr Max Feldman, Cel Claudio Skora Rosty e ST Artemio Bueno Rosa Junior, do CEPHIMEX, Ten Melchisedech Afonso de Carvalho e Sra., Vet Gomes, da ANVFAB, Da.Maria de Fátima Depes Martinelli, Conselheira da ANVFEB, Enf Margarete Bernardes, reencenadores, filhos e netos de ex-combatentes.

O organizador do Portal da Força Expedicionária foi membro do júri oficial do Festival


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

Premium WordPress Themes