Embaixada da Polônia em Brasilia recebe Comunidade Judaica – Inauguração do Museu dos Justos

A Embaixada da Polônia em Brasilia promoveu em 17 março 2016 uma cerimonia dedicada à comunidade judaica da capital, com a transmissão direta da Inauguração do Museu da Familia Ulma na cidade de Markowa, o primeiro especialmente voltado a historias, imagens e documentos alusivos a Poloneses Católicos que Salvaram Judeus durante a 2ª. Guerra Mundial.
 
O Presidente Andrzej Duda e sua esposa Agata Kornhauser-Duda acenderam uma vela marcando a inauguração oficial do museu. No cemitério local, o Rabino-Chefe da Polonia, Michael Schudrich proferiu orações pelos judeus mortos e pela Familia Ulma que os abrigava.
 
Com parte do programa, o Prof. Israel Blajberg, do Rio de Janeiro, realizou uma palestra na Embaixada da Polônia sobre A Tragédia da Shoá, O Brasil e a Polonia na Guerra, Quem São os Justos entre as Nações, Os Justos Poloneses e Brasileiros, e a Polônia Católica, fazendo um retrospecto desde o Rei Kaziemirsz, o Grande, mentor do Estatuto de Wislica, até Karol Josef Wojtila o primeiro Papa a adentrar uma sinagoga, passando por Aracy Guimarães Rosa, o Anjo de Hamburgo, o eminente Embaixador Souza Dantas, e diversas passagens historicas alusivas a Polonia e aos Judeus.
 
O Embaixador Andrzej Braiter usou da palavra na ocasiao. Estavam presentes membros da comunidade judaica brasiliense, o Adido Militar Capitão de Mar e Guerra Janusz Palka, o Presidente da ACIB, Hermano Wrobel, e a diretora Tamara Socolik, entre outros.
Créditos: Israel Blajberg

COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

WordPress Blog