TCC para a ETEC Cônego José Bento – Jacareí/SP

Trabalho de Conclusão de Curso realizado na ETEC Cônego José Bento na cidade de Jacareí – SP em homenagem a participação dos pracinhas da FEB da nossa cidade. Porém este trabalho engloba desde motivos para a participação da FEB e uniformes, Insignias a Armas e artefatos utilizados

Clique AQUI para ler o trabalho:

FEB (FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA)

A Campanha da FEB na Segunda Guerra Mundial

RESUMO:

O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem por meta, elucidar a importância da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no contexto da Segunda Guerra Mundial.

Aqui são expostos os motivos que incentivaram a criação da FEB e a razão pela qual a mesma foi enviada para as grandes batalhas que ocorreram na Itália como, por exemplo, Monte Castelo e Montese. O empenho para a realização deste tema é devido ao fato da importância que esses acontecimentos tiveram para a sociedade brasileira naquela época e também para se resgatar as memórias de um episódio histórico grandioso como este. Diversas pesquisas foram efetuadas em livros, sites e até mesmo na Sede dos Expedicionários de Jacareí. Essas análises acerca da Segunda Guerra Mundial são bem ilustradas por pessoas que sobreviveram aos horrores daqueles tempos, podem-se citar correspondentes de guerra como Joel Silveira, que trabalhou para os Jornais Associados, Rubem Braga, do Diário Carioca, Egydio Squeff, de O Globo e Thassilo Mitke, da Agência Nacional.

Os resultados foram obtidos com êxito, pois são o que era esperado e os dados coletados são deveras esclarecedores. No dia 16 de julho de 1944 o transatlântico General Mann, com escalões com cerca de 5.000 soldados, desembarcou em Nápoles, Itália. A partir desse momento, teve início a investida brasileira contra o exército alemão. Os “pracinhas”, como eram conhecidos os soldados brasileiros, enfrentaram diversas dificuldades, como o inverno rigoroso, noites sem descanso devido aos ataques das baterias nazistas, os perigos das minas deixadas nos campos de batalha pelos inimigos, entre outras coisas. Monumentos foram erguidos em memória aqueles que tombaram em combate, como O Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, construído na cidade do Rio de Janeiro. Um dado muito interessante que versa a FEB é a Canção do Expedicionário, obra do poeta paulista, Guilherme de Almeida. Em homenagem aos bravos soldados brasileiros que enfrentaram meses de uma vida austera em terra estrangeira, este é o tema do trabalho proposto.

Enviado por Lucas Vinhas

Autores do Trabalho: Felipe João Costa Borges, Lucas Barbosa Vinhas e Tiago Avelino da Silva.


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

Weboy