Série Heróis Esquecidos: 2º Ten Av Luís Felipe Perdigão M. da Fonseca

perdigao
Perdigão nasceu na véspera do Natal, em 24 de dezembro de 1922 no Rio de Janeiro. Incorporou-se ao 1º Grupo de Aviação de Caça em novembro de 1944, vindo diretamente do Brasil. Realizou 77 missões de guerra durante a campanha da Itália. Antes de integrar-se ao 1º GAvC completou 65 missões de patrulha antissubmarina no litoral do nordeste brasileiro. Foi promovido a 1º tenente no dia 12 de janeiro de 1945, em plena guerra.
 
Após o final da guerra, no dia 18 de junho de 1945, partiu de Pisa para os Estados Unidos para cumprir missão de translado de um novo avião P-47 até o nosso país. Retornado ao Brasil ocupou vários cargos importantes na Força Aérea, até a sua reforma como Major Brigadeiro.
 
Realizou todos os cursos de carreira, além do curso de guerra antissubmarina na USBATU. Escreveu um livro intitulado “Missões de Guerra”, que foi publicado em diversas edições. Após a sua reforma na Força Aérea, trabalhou em Washington, EUA, junto ao BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento. Foi casado e teve três filhas, sete netos e um bisneto.
 
Perdigão foi condecorado com as medalhas da Cruz de Aviação Fita A com Duas Estrelas, Cruz de Aviação Fita B com Três Palmas, Campanha da Itália, Campanha do Atlântico Sul, Mérito Aeronáutico, Distinguished Flying Cross (USA) com Duas Palmas, Air Medal (USA) com Quatro Palmas, Croix de Guerre com Palma (França), e Presidential Unit Citation (USA).
 
Quis o destino que um dos nossos heróis, que enfrentou momentos difíceis e de extremo perigo com seu P-47 exposto ao fogo da artilharia antiaérea alemã, viesse a falecer no Brasil, vítima de um acidente automobilístico próximo a São Pedro da Aldeia em 11 de novembro de 1985.
Colaborador: Marcus Vinicius de Lima Arantes (mv-arantes@uol.com.br)
 
Fontes: Anotações Pessoais / Site ABRA-PC

COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

Free WordPress Themes