Os Segredos de Guerra

Por João Claudio Platenik Pitillo¹

No documento a seguir consta a análise do Ministro da Guerra Eurico Gaspar Dutra sobre as condições políticas e militares que permeavam o Brasil em janeiro de 1943. Esse documento elaborado para o Presidente da República Getúlio Vargas tinha como objetivo colocar a presidência a par de todas as circunstâncias que implicavam na participação efetiva do Brasil na guerra, em especial a ação de forças nacionais em teatro de operações fora das fronteiras brasileiras.

page1
Nesse momento especulava-se sobre a participação de um efetivo brasileiro na Região do Caribe e na África do Norte. Seguindo as necessidades de segurança do continente Americano. Com a vitória Aliada na África, a participação brasileira mudou de rumo, passando o país a integrar uma força no teatro de operações europeu. Com o objetivo de ajudar na libertação da Itália e também impedir que forças nazistas acantonadas na Itália retornassem à Alemanha.

As análises contidas nessas quatro laudas foram tratadas como “secretas”, já que expunham informações estratégicas sobre o Brasil e suas forças armadas. O documento se torna ainda mais interessante, pelas análises do ministro Dutra acerca da conjuntura internacional. Aquele sujeito tão critico dos Estados Unidos durante a guerra, se mostrou um aliado tão subserviente quando presidente da República, coisas da Guerra Fria.

Fonte: CPDOC-FGV – ED vp 1940.11.01

¹ Licenciado em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em 2012. Tornou-se Mestre em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2016 e é Doutorando em História Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) onde concluirá seu curso em 2020. Em toda a sua carreira acadêmica tem como objeto a Segunda Guerra Mundial.

É autor do livro “Aço Vermelho – Os Segredos da Vitória Soviética na Segunda Guerra Mundial”, Multifoco, 2014. Organizador dos livros “A Segunda Guerra Mundial 70 Anos Depois”, Multifoco 2016,Josef Stálin – Sobre a Grande Guerra Patriótica”, Raízes da América 2016, “A Segunda Guerra Mundial e Seus Momentos Decisivos”, Raízes da América, 2017 e “A Grande Guerra Patriótica dos Soviéticos”, Multifoco, 2019.

Ao logo dos últimos 20 anos têm desenvolvido pesquisas sobre a Segunda Guerra Mundial com ênfase na Frente Leste e no Estado Novo dentro do conceito de Primado da Política Interna sobre a Política Externa. No ano de 2015 recebeu a Medalha dos 70 da Vitória”, concedida pelo Consulado Geral da Federação Russa no Rio de Janeiro e no ano de 2019 foi agraciado com a Medalha “Na Luta Contra o Nazi-Fascismo Estivemos Juntos”, concedida pelo Consulado da Federação Russa no Rio de Janeiro e pelo Conselho Superior da União Internacional de Organizações Públicas – Comitê de Veteranos de Guerra


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

WordPress Themes