“A Montanha” – O Filme

Uma ode aos pracinhas brasileiros.

estrada 47

Finalmente teremos um filme sobre os combatentes brasileiros que atuaram nos campos da Itália na luta contra o nazifascismo no período de 1944-1945, digno de ser visto.Seu autor Vicente Ferraz, foge um pouco do viés documentarista,  parte de uma ficção, retratando a tomada de Monte Castello, que dá titulo ao filme, A Montanha. Tal fato na época, se constituiu no maior desafio da tropa brasileira. Logisticamente, o Monte Castello, está situado próximo a Bolonha, cerca de 60 quilômetros,  um baluarte alemão que compunha a Linha Gótica, fortemente armada, com mais de 200 mil minas terrestres, além dos fossos anti tanques, e os fortins guarnecidos por atiradores de elite.

A missão mais importante era tomar esta montanha ,chamada de Fantasma pelos brasileiros. Por ela passava a Estrada 64, que ligava o norte, ao sul da Itália, local preponderante para quem necessitava levar reforços para suas tropas. Por outro lado, os norte americanos, dos quais éramos aliados, precisavam tomar Bolonha, centro nevrálgico no final da guerra. Ao passar a responsabilidade aos brasileiros de tomar esta montanha, a intenção era também dividir as forças nazistas. Da parte brasileira, foram necessárias 5 tentativas para  a conquista do local, tudo sendo iniciado em novembro de 1944, com tropa “fresca” e mal preparada.

Para o pesquisador que se debruça sobre a história dos veteranos brasileiros nesta guerra, dificilmente deixa de encontrar referencias á tomada de Monte Castello, seja em documentos oficiais, bem como em periódicos da época, registrados pelos correspondentes de guerra brasileiros, nos jornais dos batalhões, nas memórias dos pracinhas  ou em seus diários, como o material por mim pesquisado e transformado em livro com o titulo Diários de Guerra, recentemente lançado.

Em relação ao filme de Vicente Ferraz,  embora conduzindo uma ficção,  o autor narra a história de quatro combatentes, que diante de uma ataque surpresa do inimigo em Monte Castello, abandonam seu grupamento, tentam depois retornar às linhas brasileiras, mas caem em um campo minado e diante do comprometimento do  dever e da honra, temem pelo  estigma da deserção.

Na narrativa  que encaminha, sem o comprometimento factual, possivelmente, o autor nos aproxime dos episódios ocorridos do dia 2 de dezembro de 1944. Desde novembro desse ano, vinha a tropa brasileira empenhada na conquista da montanha, sem sucesso.Neste dia, seguindo uma missão de guerra, os soldados do 1º batalhão do 11º. Regimento de São João Del Rey, substituiria outro do Regimento Sampaio. Eram tropas extenuadas, pela acirrada ânsia da conquista em local estrategicamente difícil, sob forte impacto continuo da artilharia alemã. Os recém chegados foram influenciados por noticias desalentadoras que minavam o moral dos soldados, estes, jovens recrutas sem o amadurecimento psicológico para tal enfrentamento.

Diante de fogo pesado da artilharia , os soldados debandam,  na corrida desenfreada, deixam  para trás armamento, equipamentos e munição, perdem os companheiros, e chegam na cidadezinha de Porreta Therme, local do quartel general  brasileiro. Desorientados, com os olhos esbugalhados e sujos de lama, foram vistos com incredulidade e desdém pelos habitantes. Lamentavelmente foram considerados covardes, mas sem julgamento, e nenhum apoio receberam do comandante da infantaria general Zenóbio da Costa. Ainda hoje tal assunto é considerado tabu entre os soldados.

Sobre o filme, trata-se de um grande projeto totalmente  filmado na Itália, desde 2007. Partem agora seus idealizadores para as ultimas tomadas feitas  nos locais ,nos montes nevados onde os fatos aconteceram. Atuam neste filme cerca de 25 atores dentro de um consórcio brasileiro, português  e italiano, a previsão é de  RS 9 milhões nesta produção do longa metragem. Cenas de minas que explodem, em um tempo quase real, foram alguns desafios enfrentados pelos protagonistas, após intenso treinamento com equipes especializadas do Exército Brasileiro. Entre os atores, alguns conhecidos como Richard Sammel de Bastardos Inglórios e Sergio Rubini .

Vimos um trecho do filme no teaser, chamou a nossa atenção pela beleza das imagens, em um cenário pouco conhecido dos brasileiros. Acreditamos que o filme seja um marco e motivação para o conhecimento de fatos ligados  à participação  brasileira na 2ª Guerra Mundial, retratando a saga de 25 mil brasileiros nos momentos vibrantes desta história tão pouco valorizada em nosso meio.

PDF com os dados do filme e produtora: http://www.primofilmes.net/pdf/montanha.pdf

Carmen Lúcia Rigoni

Historiadora.

Rua Carlos de Carvalho, 2435

Curitiba- Paraná.


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

82 comentários

  1. Hugo Vaz /

    Quando será lançado o filme e onde assisto? Alguém sabe?

  2. o jeito e procura no mercadolivre.com.br

  3. eu, jurandir gostaria de ter, e-mail do sulla giovani, historiador, italiano, que tem um musel da feb, na italia, aguardo resposta, muito obrigado.

  4. eu, jurandir temho uma maquete do monumento nacional aos mortos da segunda gerra mundial, feita com medida padrao, gostaria de ter contarto, com o italiano, sulla giovani, que muito min adimiro, pelo trabalho muito bonito, que e de presevar os fatos historicos da feb, muito obrigado. favor mandar, e-mail dele para se comunicar com ele, a transruf de duque de caxias, rio de janeiro brasil, jurandir.soares@yahoo.com.br

  5. tá faltando escola em Duque de Caxias

  6. caros senhores, como consequi o filme, a [montanha] da feb na italia, a tomada de monte castelo, favor mandar informaçao, endereço-rua jose frei de lima 105,senhor do bomfim,duque de caxias, rio de janeiro,brasil, cep25025-530, tel, 02188175251/02126742374 favor mandar o preço, muito obrigado, espero resposta.

  7. eu jurandir gostaria de comprar o filme o dia [ d ] dia da vitoria da segunda grande querra mundial, a frança ocupada, muito obrigado espero resposta, muito obrigado.

  8. eu jurandir, temho o documentario das tropas brasileiras na italia, tomada de monte castelo, ida das tropas a italia, e chegada no brasil, desfili na av, rio branco, o povo vibrando fazendo grandes homenagem, imagem dos comandante, da feb, recebendo as homenagem na italia, filme real documentario, do brasil na segunda grande querra mundial, na italia e de grande homenagem as tropas da forças expedicionaria brasileiras, vamos nos brasileiro tambem fazer homenagem a estes combatemtes,a segunda querra mundial foi uma astrocidade da umanidade, brasil acima de tudo.

  9. José Mauro Bianchi /

    Prezado Jurandir, você tem como disponibilizar esses documentários????

  10. Francisco Vendramini /

    Me revolta a pouca informação, a pouca comemoração, as poucas lembranças que os nossos meios de imprensa, o não enfase a um assunto que nos leva aos cinemas se comover com soldados ryan e tantos outros filmes alusivos ao assunto mas que dizem respeito à outros.
    Parece que temos vergonha dessa passagem, ou é falta de respeito mesmo!
    CONTRIBUI CONTRA SEU PRÓPRIO ENGRANDECIMENTO UM POVO QUE NÃO COMEMORA SEUS FEITOS HISTÓRICO.

  11. Os diretores brasileiros deveriam fazer filmes dos soldados brasileiros em combate(engrandecer e valorizar cada um dos brasileiros que lá estiverem), tendo como base os livros escritos pelos proprios militares que combateram na 2ª Guerra Mundial.

  12. bom dia a pergunta ainda permanese quando sera lançado o filme, ou vão esperar o oscar, para deopis lansalo?

  13. QUANDO ESTRÉIA?PELO AMOR D DEUS RESPONDÃO OU VOU MORRER DE ANCIEDADEEEE AHHHHHHHHHHHHHH

  14. Marco Marins /

    Congratulações à todos!

    Em contato com tantos outros, site, blogs e pessoas (e-mails), venho buscando apoio (ajuda), para o desenvolvimento de um projeto meu que esta ligado ao Brasil na 2ª Grande Guerra. Sou, quadrinhista e ilustrador, o projeto é para uma produção em HQ (Histórias em Quadrinhos), o mesmo tem a intenção de mostrar os dois lados que o Brasil viveu na guerra, tanto no front quanto na sociedade.

    Busco todo tipo de material e informação sobre o assunto. Filmes, fotos, entrevistas, relatos, HQs, livros e o que mais aparecer.

    Para os que estão interessados em ajudar fica aqui meu endereço de e-mail (marco_marins2003@hotmail.com).

    O projeto já venho desenvolvendo a algum tempo, reunindo informações, mas atualmente foi que comecei a por em andamento a parte “física” do projeto, ou seja, argumento e desenhos.

    Agradeço a atenção de todos e fico no aguardo do contato de vocês.

    Forte abraço para todos e fiquem com Deus!

  15. bom dia a todos eu gostaria de ter este filme para por no meu canal da F.E.B aqui o site do nosso canal dedicado a nos brasileiros
    http://pt-br.justin.tv/shamballah2012/videos
    vejam todos os filmes de graca senta pua a cobra fumou o lapa azul e muitos outros muito obrigado ate mais

  16. AC Buono /

    Senhores gostaria de saber onde e como,comprar o DVD deste filme sobre a FEB. – A Montanha –

    Aguardo sua informação.

  17. Estou aqui para me juntar ao grupo que deseja saber como adquirir o filme.

    É um tanto difícil conseguir esse tipo material sobre o Brasil, precisamos fazer algo para oferecer e ter mais acesso a isso.

    Aguardo informações, forte abraço!

  18. Prezados,
    Quando e como posso adquirir o DVD?

    No aguardo.

    TFA
    .’.

  19. Lançamento dia 30 de Dezembro!

  20. Quando o filme será lançado? não existe noticias recentes sobre esse filme,pelo jeito melou.

  21. Prezados senhores, este filme será censurado ao maximo aqui no Brasil porque esse tipo de coisa pode despertar o sentimento patriótico nos brasileiros… Vós estais fadados a assistirem apenas novelas e futebol…

  22. Quando vai lançar? Ouvi falar q ia ser hoje.. parece q não

  23. José Roberto Esteves /

    O Estados Unidos tem vários filmes de participações deles em guerras e varios documentários sobre suas participações. Já vi na televisão, principalmente na TV Escola, vários documentários da segunda guerra mundial, e só ouve falar na participação dos Estados Unidos, França, Inglaterra, até parece que o Brasil não participou, pois não falam nem um pouco na FEB brasileira, sendo que o Brasil dominou e tomou varios pontos que estavam em poder dos nazista na Itália, como: Monte Castelo, Montese, Fornoso, Castelo Novo, etc…
    Será que o cinema brasileiro não tem verba pra fazer um filme assim ou não conseguem.

  24. Já tava na hora de fazer um filme decente sobre os pracinhas, eles merecem todo o respeito e glorias que obtiveram, já que quem os enviaram pensavam que os brasileiros apenas seriam bucha de canhão mas se deram mal, os feitos e conquistas superam até os americanos na Itália.

  25. cesarpereira /

    Bom, o Brasil fez diferença na Itália, porém o nosso governo na época não era muito bem visto pelos aliados, pois era simpatizante do nazifacismo, foi forçado a entrar na guerra, no entanto com o fim da guerra seu governo, “Getúlio” sucumbiu, e nossos heróis foram esquecidos, LAMENTÁVEL.

  26. cesarpereira /

    Mas esperamos que com esse filme muitas pessoas possam conhecer a história de nossos heróis. Esse filme seria lançado no segundo semestre de 2011, porem 2013 já está findando e nada. Alguém pode me dizer se vai sair mesmo?

  27. Fabiano Ferreira Da Silva /

    Já estava mais do que na hora de fazer um filme contando a história dos heróis brasileiros da II Guerra Mundial.É uma vergonha assistir filmes apenas dos americanos que de certa forma fazem jus ao seu nome,também os ingleses e franceses.Assistir um chamado Dias de Glória homenageando soldados de colônia francesa na África que alimentados por promessas mentirosas do governo francês entraram na guerra contra os alemães,mais mesmo assim nunca receberam o devido valor que merecem.O que importa é só mostrar a história,das grandes potências mundiais,e os outros países que se danem.Porém o Brasil já passou da hora de fazer uma produção homenageando aos bravos heróis brasileiros que tomaram o Monte Castelo na Itália,mesmo com suas limitações,fosse no armamento,ou outras coisas necessárias para uma guerra o Brasil conseguiu fazer na Itália o que nenhum país de primeiro mundo com toda uma estrutura bélica,e estratégias conseguiram.Nosso país não deve se limitar apenas a esse filme A Montanha,que lembrando pelo que sei ainda nem lançaram.Mas muitos outros devem vir.Os Soldados brasileiros merecem esta homenagem que é mais do que devida e o povo brasileiro precisa serem motivados a alimentarem o sentimento de patriotismo.A propósito quem souber de alguma informação de como conseguir esse filme e de algum documentário do Brasil na II Guerra por favor me avisem. Fabianoferreira77@hotmail.com.

  28. O filme já foi lançado e com o nome de Estrada 47, infelizmente sem nenhum anuncio…

  29. Muito interesante a História da segunda grande Gerra Mundial
    temho grande acervo da paticipação do Brasil na segunda Gerra Mundial, documentário.

  30. O nome do filme é “estrada 47″

  31. Luiza Ferraz /

    O Filme A Estrada 47 ganhou o premio de melhor filme no Festival de cinema de Gramado. Meu primo Vicente Ferraz dirigiu o filme, que deve entrar nos circuitos em breve.

Deixar um comentário

Free WordPress Theme