Monte Castello – A Nossa Iwo Jima

21 fev 1945 – 2016 – 71 Anos

Israel Blajberg (*)

Era um dia cinzento nos Apeninos. Após quatro tentativas os pracinhas brasileiros acostumados com o sol dos trópicos finalmente conseguiram, em meio à nevasca, tomar o Monte Castello, onde os nazistas entrincheirados detinham a vantagem clássica da altura, descrita nos manuais militares.

Mte Cast

O jovem tenente Humberto Gerardo Moretzsohn Brandi e seus soldados hasteiam o pavilhão nacional. Era a primeira tropa brasileira e aliada a ocupar e instalar-se na crista do Monte Castello, o 2º. Pelotão da 3ª. Companhia do 1º. Regimento de Infantaria – o histórico e glorioso Regimento Sampaio. Brandi receberia a Cruz de Combate de 1ª.Classe, sendo mais tarde ferido em ação no Monte Belvedere em 12 mar 1945, recebendo a Medalha Sangue do Brasil.

Mas ao contrário da Batalha de Iwo Jima, nenhum fotógrafo brasileiro pôde registrar aquela imagem, que para nós poderia vir a possuir o mesmo capital simbólico daquela tomada por Joe Rosenthal, da Associated Press, mostrando para o mundo os marines fincando sobre o solo vulcânico do Monte Suribachi o pavilhão americano. A foto recebeu o Premio Pullitzer de 1945 e foi reproduzida milhares de vezes, sendo considerada possivelmente a imagem mais vista de todos os tempos, pelo seu significado representativo de uma guerra. A foto foi tirada apenas 2 dias depois da Tomada de Monte Castello.

iwo jima

Quem sabe hoje a FEB não estaria tão esquecida, se uma foto do pavilhão verde-e-amarelo tremulando sobre o fundo branco da neve italiana viesse a representar o sacrifício dos nossos bravos pracinhas, para libertar a Itália do nazi-fascismo.

Páginas gloriosas da História Militar Brasileira, escritas na neve com a marca do precioso sangue dos nossos pracinhas. Neste 21 de fevereiro o Brasil deveria estar lembrando o sacrificio dos seus soldados-cidadãos, gente do povo como qualquer um de nós. Mas lamentávelmente serão outras as noticias a ocupar as páginas dos jornais, e sem nada de glorioso.

71 anos depois, a Humanidade se defronta novamente com as mesmas ameaças do passado. Apenas os ditadores mudaram, mas a intolerância, racismo, xenofobia e fanatismo permanecem, aliados do terrorismo, negacionismo e da inversão de valores éticos e morais. Novamente, é como se a cada dia estejamos lutando contra os mesmos inimigos.

Honra e glória aos heróis de Monte Castelo, que nos deixaram um legado de luta e determinação, a honrar e defender diante das atuais ameaças universais.


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

3 comentários

  1. paulo berguenmayer /

    Prezado Israel Blajberg
    Parabéns pela evocação patriótica.
    saudações aos nossos Pracinhas!
    21 fevereiro 1945- um dia de fé nos destinos Pátria.
    Cel Berguenmayer

  2. Lusineide Pereira Franco /

    Prezado Israel Boa noite gostaria de pedir ajuda para que meu esposo Newton Franco herói da segunda guerra ,ele hoje com 87 anos nos conta muitas histórias de gurra. Gostaríamos de saber se ele tem direito ou benefícios dpor parte da aeronáutica ou do governo Federal, como isenção do imposto de renda. Aguardamos respostas. Desde já agradecemos. Lusineide Franco.

  3. CRISTINA MARGARIDA GIBERTI . /

    Parabéns aos nossos heróis brasileiros. Esse feito precisa sempre ser lembrado!

Deixar um comentário

WordPress Blog