Ministro da Defesa da Italia visita o Monumento aos Pracinhas

Major Antonio André e Tenente Israel Rosenthal participam da recepção ao Ministro da Defesa da Italia

O Alte Gianpaolo di Paola, Ministro da Defesa da Italia visitou o Monumento aos Pracinhas, e cumprimentou dois veteranos da FEB – Força Expedicionaria Brasileira na Itália em 1944-45, Tenente Israel Rosenthal (92) e Major Antonio Andre (94).

Nas fotos vemos os cumprimentos do Ministro, do General Eduardo Jose Barbosa, Diretor do Patrimonio Historico e Cultural do Exercito, do Adido Militar da Italia e do Contra-Almirante WALTER EDUARDO BOMBARDA, Subchefe do Comando de Operações Navais.

Nos ultimos anos o Alte Di Paola conduziu o planejamento e comando das Forças italianas no âmbito da NATO, da UE e da Coalizão, em operações conduzidas no Afeganistão, Iraque, Balcãs, Mediterrâneo, Paquistão e na Operação das Nações Unidas no Líbano. O Ministro encontra-se no Brasil para reuniões bi-laterais com o Ministro da Defesa Celso Amorim.

 

Texo e Fotos
Prof Israel Blajberg
Assessoria de Divulgação e Imprensa
Casa da FEB – Rio


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

6 comentários

  1. GIUSTO COSI’ L’ITALIA E GLI ITALIANI NON DIMENTICANO

  2. Orlando Silva /

    Pelo menos o Ministro da Defesa da Itália dá valor aos nossos veteranos. E o Ministro brasileiro? Será que já pisou no MNMSGM alguma vez?

  3. paulo paiva /

    Amigos

    Autoridades estrangeiras visitam nosso Monumento aos Mortos na Guerra, entretanto os srs. Lula da Silva e Dilma nunca fizeram tal coisa, embora tenham visitado os monumentos aos “heróis” das revoluções cubana, boliviana, paraguaia et caterva.
    Paulo

  4. Helio S.Sadayuki /

    Lamentável ver como os estrangeiros prestigiam as Fôrças Armadas, os Ex-Combatentes e seus monumentos,enquanto seus equivalentes “brasileiros”,apátridas oportunistas, que ora ocupam os “governos”
    Federal e Estadual ,trabalham para aviltar ,desaparelhar,caluniar e desprestigiar nossas Fôrças Armadas…

  5. Adelmo Capitanio /

    Valorosos ex-combatentes.

    Além de um tio já falecido, Orlando Angelo Gastaldo, tive o prazer de conviver e desfrutar da amizade dos Srs. Olinto Demarchi, também falecido, e Ovidio Castelan, hoje com mais de 90 anos e morando em Peruíbe, todos ex-combatentes da FEB. No ano passado tive a honra de conhecer mais um herói desta história, o Sr. Antonio Cruchaki. Este homem, do alto dos seus 90 anos, ainda preside a ANVFEB de São Bernardo do Campo, e se emociona ao falar dos campos de batalha. Todos eles sempre demonstraram, e demonstram, a pouca importância que dão as autoridades do nosso Brasil a esses heróis. Não fosse a participação deles, talvez não pudesse escrever estas linhas e manifestar minha opinião sobre este assunto, e quem sabe até não desfrutássemos da liberdade que temos hoje em nosso país. Foi através do sangue e sequelas destes protagonistas, que o mundo pode comemorar hoje a derrubada dos ideais nazistas e fascistas que proliferavam na época. Estes homens merecem um lugar de destaque na história do Brasil, e deveriam ser homenageados, no mínimo, uma vez por ano. E as homenagens não deveriam se restringir às medalhas, mas também receberem uma aposentadoria digna do feito realizado.
    Na figura dos nomes aqui citados, quero parabenizar todos os nossos heróis da 2ª guerra mundial, e agradecer por tudo que fizeram por nós.

  6. José Messias dos Santos /

    Gostaria de entrar em contato com os Pracinhas da 2ª Guerra Mundial do ABC, é que estou concluindo um livro e preciso de depoimentos.

    Grato

    José Messias
    Jornalista

Deixar um comentário

WordPress Themes