LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A caminho do Rio de Janeiro

A CAMINHO DO RIO DE JANEIRO

Os pracinhas que partiram de Santa Maria seguiram até a Capital do Brasil usando dois meios de transporte: o ferroviário e o marítimo.

Em ambos os casos, o início da viagem deu-se sobre trilhos. O primeiro e outros grupamentos percorreram todo o trajeto de trem, passando por Cruz Alta e São Paulo. Outros grupamentos, passando por Cacequi, deslocaram-se até o Porto de Rio Grande e, de lá, até o Rio de Janeiro, em navio de carga.

Viagem sobre trilhos

Soldados gaúchos embarcados.

Acervo de Ari Gomes Filho

Aribides Pereira recorda que o entusiasmo popular havia tornado o deslocamento até a estação um verdadeiro passeio: “Até ali havia sido uma festa só. Embarcamos no trem e, dos dois lados do vagão, o povo continuava fazendo festa e jogando pequenos presentes para nós. Até esquecemos a tensão que a possibilidade de estarmos indo para a guerra causava”. Somente quando o trem se pôs em movimento, deixando para trás o calor dos aplausos, é que muitos pracinhas perceberam que estavam em trens de carga, sem estrutura para o transporte humano, e com uma longa viagem pela frente.

Segundo Aribides, em Cruz Alta embarcaram militares do 6º RAM e do 8º RI, sediados naquela cidade. Lá, a exemplo do acontecera em Santa Maria, houve muita festa e distribuição de presentes. Isso se repetiu nas estações de Carazinho, Getúlio Vargas e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul. A partir do ingresso no Estado de Santa Catarina, o cenário mudou: acabaram as festividades, e ninguém sabia quem eram e nem para onde estavam indo aqueles jovens fardados.

Dentre os militares que embarcaram em Cruz Alta, estava o soldado Neraltino Flores Santos. Para ele, a viagem foi bastante cansativa. “A gente não tinha nenhum conforto. Íamos sentados no assoalho do vagão, pois não havia bancos. Nas estações ferroviárias, no Rio Grande do Sul, éramos recebidos com festa, e nos serviam comida quente. Depois, acabaram as recepções calorosas e, na hora das refeições, quase sempre, recebíamos um sanduíche simples”, recorda.

Alcides Basso, Geraldo Sanfelice e Pacífico Pozzobon são unânimes quanto ao desconforto da viagem, iniciada na véspera do Natal de 1944. Para Pozzobon, o maior problema “eram os vagões boiadeiros sujos, fedorentos, sem beliches e, sequer, bancos. Estávamos amontoados no vagão como bichos”. Relata que, em Cruz Alta, houve um princípio de revolta dos pracinhas, que exigiam mais respeito e melhores condições para seguirem viagem. Não tornariam a embarcar se não houvesse mais espaço. Mesmo com o acréscimo de dezoito vagões, o conforto melhorou pouco: o espaço era insuficiente e não havia banheiros. Esse fato produziu situações cômicas e constrangedoras: buracos no assoalho do trem eram latrinas; os trilhos recebiam os dejetos. Para urinar, muitos malabarismos tinham de ser feitos junto à porta dos vagões. As roupas que iam sujando, iam sendo descartadas. Quando o motivo do descarte não era a sujeira, eram as brincadeiras entre os pracinhas, que despojavam os companheiros, jogando as roupas para fora do trem, fazendo a alegria dos agricultores que trabalhavam ao longo da via férrea, pelo interior de Santa Catarina e Paraná afora. “Alguns companheiros chegaram ao destino somente de calção e camiseta”, diz Pozzobon.

Taltíbio Custódio complementa: “Quando chegamos a São Paulo, parecia que o trem estava chegando de uma guerra. Tinha buracos para tudo que era lado. Passamos um dia na Estação da Luz, aguardando um trem que nos levaria até o Rio de Janeiro. No trecho entre São Paulo e o Rio de Janeiro, sim, fomos bem acomodados. O trem era de primeira”.

Viagem pelo mar

Tropa embarca em Porto Alegre, com destino ao Rio de Janeiro.

Correio do Povo – Acervo Arquivo Histórico de Santa Maria

Pedro Vidal e Ivo Ziegler fizeram outro percurso. Após passarem por Cacequi, Bagé e Pelotas, cidades em que iam embarcando pracinhas daquelas regiões, chegaram a Rio Grande. Naquela cidade, os pracinhas embarcaram em um navio a vapor que partira da Capital, conduzindo soldados da Região dos Vales, de Porto Alegre e da Serra. Entre eles, José João Pereira, cabo do Batalhão Ferroviário, de Bento Gonçalves-RS, que relata: “Descemos a Serra num trenzinho do Batalhão Ferroviário. Pernoitamos no Colégio Militar de Porto Alegre e, pela manhã, seguimos até o cais do porto. Após solenidade de despedida, que contou com maciça presença popular, embarcamos num navio cargueiro, que tinha acomodações para o transporte de pessoal”.

José Pereira lembra que, para ele, a viagem foi tranquila, pois foi acomodado em uma cabine. No entanto, por falta de espaço para todos na área destinada ao pessoal, muitos soldados viajaram no convés, ficando expostos às intempéries e ao balanço do navio. Não era raro que ficassem molhados quando o mar se agitava mais.

Pedro Vidal recorda que “o navio carregava cebola, batata, pimenta e outros gêneros alimentícios. Era um fedor só, além de ser muito quente. Para mim, que era meio arisco, e só havia visto vapor (navio) no cinema, tudo era novidade. Assim que o navio se pôs em movimento, começaram os enjoos”. Ivo Ziegler diz que preferia ficar no convés porque, nos porões, o cheiro das cebolas era muito forte, aumentando o mal-estar. “Lá em cima, era melhor; apesar do sol quente, sempre havia uma brisa agradável”.

Após descarregar as mercadorias no porto de Santos-SP, o navio seguiu até o Rio de Janeiro, chegando ao destino em 27 de dezembro.

Interessados em adquirir a edição completa, com 80 páginas e cerca de 100 imagens, ao valor de      

R$ 15,00  (postagem incluída), podem contatar o autor pelo e-mail sirio.feb@gmail.com

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Convocação para a Guerra

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Voluntários para a guerra

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Verificando a saúde

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Despedida da família

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Começa a Longa Jornada

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Preparativos para a guerra

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A travessia do Atlântico

 LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Chegada ao cenário da guerra

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A caminhada em solo italiano

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Adaptação e treinamento

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Seguindo para o front

LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Contato com o inimigo

LONGA JORNADA com a FEB – Ações em combate: Porreta Terme

LONGA JORNADA – Ações em Combate: Montese

Longa Jornada: Ações em combate – de Collecchio a Fornovo

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Fornovo Di Taro

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Vítimas da Guerra

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Contato com a População

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A vida no acampamento

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Cartas e notícias

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A fé como suporte

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Salário e fontes de renda

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Enfim, a vitória

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Andanças pela velha bota

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Novamente, o Atlântico

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: De volta à Pátria

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: De volta à vida civil

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Notícias desalentadoras

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Reaprendendo a andar


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

2 comentários

  1. Luis Carlos /

    congratulo pelo trabalho! estou pensando em comprar um exemplar em breve, espero que a edição não acabe logo

  2. não marque bobeira e compre um logo :D

Trackbacks/Pingbacks

  1. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 7 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  2. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 1 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  3. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 9 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  4. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 2 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  5. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 3 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  6. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 4 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  7. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 5 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  8. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 8 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  9. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 10 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  10. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 11 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  11. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 12 | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  12. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Contato com o inimigo | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Capítulo 6 [...]
  13. LONGA JORNADA com a FEB na Itália – Apresentação | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  14. LONGA JORNADA com a FEB – Ações em combate: Porreta Terme | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  15. LONGA JORNADA com a FEB – Ações em Combate: Montese | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  16. LONGA JORNADA: Ações em combate – de Collecchio a Fornovo | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  17. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Vítimas da Guerra | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  18. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Fornovo Di Taro | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  19. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A vida no acampamento | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  20. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Contato com a População | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  21. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Cartas e notícias | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  22. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Salário e fontes de renda | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  23. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Enfim, a vitória | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  24. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A fé como suporte | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  25. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: De volta à vida civil | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  26. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: De volta à Pátria | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  27. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Reaprendendo a andar | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  28. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Andanças pela velha bota | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  29. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Aprendizado | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  30. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Legado para o Exército | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  31. LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A Liderança | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  32. Longa Jornada com a FEB na Itália: Max Wolff Filho – Um Líder | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - [...] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro [...]
  33. A LONGA JORNADA DOS PRACINHAS BRASILEIROS NO TEATRO DE OPERAÇÕES DA ITALIA | Portal PM Brasil – PEC 300 - […] LONGA JORNADA com a FEB na Itália – A Caminho do Rio de Janeiro […]

Deixar um comentário

Premium WordPress Themes