Lançamento Estrela de David no Cruzeiro do Sul

70 Anos do Dia da Vitória Aliada na Europa

O Forte Copacabana sediou uma Homenagem aos Ex-Combatentes da 2ª. GM, com a entrega da Plaqueta General Moysés Chahon – Herói da FEB, e lançamento do Livro ESTRELA DE DAVID NO CRUZEIRO DO SUL.

A Mesa foi composta pelo Coronel Claudio Moreira BENTO, Presidente da Federação de ACADEMIAS de HISTÓRIA MILITAR TERRESTRE do BRASIL – FAHIMTB, Resende, General de  Divisão Marcio ROSENDO de Melo, Presidente da ANVFEB, Associação Nacional dos Veteranos da FEB, General de Brigada Walter Nilton Pina STOFFEL, Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército e 2º. Presidente de Honra da AHIMTB, Contra-Almirante Médico Dr. Humberto Giovanni Cânfora Mies,  Diretor do Centro de Medicina Operativa da Marinha-CMOPM, representando o Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e Brigadeiro-Médico Dr. Walter Kishinhevski, Diretor do Hospital da Força Aérea do Galeão – HFAG.

Foram  outorgadas Plaquetas In Memoriam do General de Divisão Moysés Chahon – Herói da FEB, então Tenente de Infantaria que foi o militar brasileiro de origem israelita mais condecorado por bravura na FEB.

Após a sessão ocorreu o Coquetel de Confraternização e Autógrafos do livro ESTRELA DE DAVID NO CRUZEIRO DO SUL, de Israel Blajberg, no SEC – Salão de Eventos Culturais do Forte.

Mais de 200 convidados associaram-se a esta homenagem aos Herois Brasileiros da 2ª. Guerra Mundial, onde se incluem eminentes personalidades civis e militares, entre os quais Vice Almirante Engenheiro Naval Armando de Senna Bittencourt,  Diretor do Patrimonio Historico e Documentação da Marinha – DPHDM,   General Elias Rodrigues Martins Filho,  Comandante da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, Contra Almirante Médico Dr Roberto Becman, Coronel Aviador Luiz Cláudio Macedo Santos, Comandante da Base Aérea de Santa Cruz,  Coronel Herbert Seixas,  Diretor da Casa da FEB, Coronel PM Anani de Andrade Santos,  Major João Rogerio Armada e Tenente Vanessa Maria Barbosa, do Forte Copacabana,   Philipe Misoffe,   Diretor-Presidente da PROSIN – Projetos e Sistemas Navais (DCNS do Brasil),   Prof Leizer Lerner,  Bernardo Griner e José Pines,  Presidente de Honra,  Conselheiro e Diretor da Associação dos Antigos Alunos da Politécnica, Coronel Roberto Mascarenhas de Moraes,  neto do Marechal Mascarenhas,  Comandante da FEB., Desembargador Egas Moniz de Aragão Daquer, Desembargadora Maria José, Stephen Carnt,  da Royal British Legion e Consulado Britânico,   Tenente Eugenio Bezerra Mergulhão e Senhora,  e Tenente Sylvio Gomes,  Diretores do Conselho Nacional dos Oficiais da Reserva,   Veterano Ulisses Villela de Lima,  Fuzileiro Naval Padrão do Brasil, e outros.

Por Israel Blajberg


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

1 comentário

  1. André Cid de Almrida /

    Importante ver que existem pessoas interessadas em manter a história dos nossos pracinhas viva. Falta ao brasileiro e a nossa sociedade, em geral, reviver nossa história, torná-la um tema nas escolas e universidades de nosso País, para que nossos jovens, crianças e adolescente, possuam conhecer sua história e importância, trazendo presente a dureza e a importância que este passado trouxe para nossa vida é sociedade na época, talvez possamos preparar e sonhar com um futuro melhor, do que, o que se apresenta hoje.

Deixar um comentário

Weboy