Homenagem ao expedicionário Aristides José da Silva

Natural de Escada (Pernambuco), nasceu em 1917 e veio de uma família de ex-escravos em 1917. Migrou à pé para Recife, fugindo da discriminação que as cidades do interior ainda apresentavam por conta da cor da sua pele.

Era um ótimo corneteiro, tornando-se o melhor de seu batalhão. Era de acordo com os toques do corneteiro que a tropas se orientavam no campo de batalha, sua função era primordial. E ele deu o toque anunciando o fim da 2° Guerra para os Brasileiros na Itália.

Era também um exímio atirador. Foi louvado no regresso da Itália. Porém, após a Campanha, ficou internado em um hospício por 1 ano.

Contraiu matrimônio com uma moça que conheceu em João Pessoa (PB) antes da guerra. Serviu a PM de Pernambuco por 30 anos.

.

Acervo do Aristides José da Silva que faleceu no último dia 20/04, aos 97 Anos.

Créditos: Hayssa Silva


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

Free WordPress Themes