Game: Senta a Púa – Atrás das Linhas Inimigas

senta a pua

 

Nós amamos contar histórias! Temos como principal objetivo a criação de games que divirtam, e também tenha algo a mais, cultural e historicamente, para o jogador.  Queremos que nossos games contenham uma experiência única, e não somente uma simples diversão.

Um game pode ser mais que simplesmente superar um desafio ou assistir a uma história.  Os jogadores podem ser e viver o personagem. Experienciar os seus desafios e todas as dificuldades em sua jornada.
Mergulhando em um mundo particular, dominando-o, e assim transformando-os em protagonistas de suas conquistas e fracassos.

Cria-se assim um potencial para prender a atenção do jogador em uma história, de uma maneira nunca antes vista.  Esta conexão pode ser estabelecida através de uma variedade de maneiras. Seja com cenários fantásticos aonde a história de desenrola,  por uma trilha sonora, ou até mesmo por uma personalidade bem construida de um personagem em particular.

Através de um game podemos também ajudar a resgatar e ensinar a nossa cultura e história.  Teremos no “Senta a Pua” um game que será desafiador, divertido e que, também terá um âmbito educativo.
Escolhemos um tema, que sabemos através de games já criados, ser de interesse da comunidade de video games – A Segunda Guerra Mundial.

O diferencial é que desta vez teremos o foco na participação do Brasil e toda a campanha da FEB, desde a sua criação até as sangrentas batalhas de Monte Castelo e Montese.

senta a pua1

Sobre o Game

Sintese

Senta a Pua – Atrás das linhas inimigas” é um game de ação e furtividade feito como plataforma 2D e com solução de problemas – puzzles – que  contará a história do Brasil na Segunda Guerra Mundial.


Motivo da escolha do Tema

Recentemente verificamos que, infelizmente, muitas pessoas não sabem da importância que o Brasil teve na Segunda Guerra Mundial.  Algumas pessoas não sabem até mesmo que o Brasil teve sequer uma participação. Outros achavam que as nossas tropas foram para a Europa somente para festejar o final da guerra. Não somente estas constatações são  absurdas, mas como até mesmo inaceitável pelo ponto de vista histórico.

Existem vários casos de sucesso internacionais que focam o mesmo tema, jogabilidade e/ou game play escolhidos – não necessariamente em um mesmo jogo, mas com a história sendo baseada na participação de outro país, principalmente os Estados Unidos. Não existe atualmente no mercado um game que aproveite o tema e conte a participação brasileira na Segunda Guerra Mundial.

Juntamos com isso a nossa paixão por games e o grande interesse neste tema, que consideramos de suma importância para a educação. Com isso vamos criar um projeto que possa ajudar a educar e entreter simultaneamente.  Futuramente existe o planejamento para que o game venha a ser utilizado em um projeto educacional que envolve a “Gamificação na Educação”.

Enredo

O tema que servirá como base do enredo será a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Divulgaremos a história de forma dinâmica e atraente para o jogador, para que ele aprenda e entenda todo o esforço feito por nossos soldados e pilotos na Europa.

Iniciaremos o game mostrando o Brasil pré-guerra no Rio de Janeiro e a base aérea em PISA – Itália, tais cenários servirão de introdução e tutorial, para que o jogador se ambiente e aprenda os comandos existentes. Em seguida teremos os cenários que envolvam o conflito na Europa como vilarejos, cidades, campos abertos e florestas.

Retrataremos fatos reais no decorrer do game, com jornais fotos e diálogos com outros personagens. A história principal será baseada, mas não limitada, na fuga do piloto Danilo Marques Moura das linhas inimigas. Ele serviu a FAB durante a segunda guerra mundial, participando desde sua criação até os conflitos na Europa.

Em sua 11a missão, em 04 de fevereiro de 1945, ele foi abatido e caiu em terras inimigas. Para sobreviver ele percorreu mais de 400km a pé até voltar a sua base, se escondendo e enfrentando situações adversas que encaixam perfeitamente em um game.

Público-Alvo

Senta a Pua – Atrás das linhas inimigas” terá maior apelo entre jogadores com idade entre 14 a 25 anos, jogadores que tipicamente gostam de games no estilo aventura com ação furtiva. Em particular fãs de filmes, séries e livros de tema militar serão imediatamente atraídos pela ambientação, história e clima reproduzidos no game.

Trabalharemos com a classificação indicativa de “Não recomendado para menores de 10 anos”. O game conterá presença de armas e por isso não existe a possibilidade de obter a classificação livre.
Como será retratada a campanha brasileira, citações de violência acontecerão, como a batalha do Monte Castelo e outros confrontos ocorridos. Porém, como o game não é focado na violência, mortes e cenas com presença de sangue poderão ser evitados, focando o game na ação de furtividade e educação.

Plataformas

Inicialmente desenvolvido para celulares Android e iOS (Apple) o game também será posteriormente ao seu lançamento desenvolvido para computadores PC e MAC. Futuramente poderá ser portado para Windows Phone e consoles de videogames.

Conclusão

Senta a Pua – Atrás das linhas inimigas” utilizará uma mecânica semelhante aos games apresentados acima, com a diferença por conter mais ação e desafio ao jogador, além do fundo histórico, cultural e educacional.

Será um game de ação furtiva, mas que também contenha muita informação para ser repassada e absorvida pelo jogador. Aprofundaremos bastante o tema da segunda guerra com a ambientação do game e itens que serão dados como recompensas pelo progresso do jogador. Os jornais, fotos, fichas técnicas e diálogos nos ajudarão a ter um game que desafie e eduque sobre o tema.

Conheça o Site, Twitter e Facebook do World Comic Games


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

WordPress Themes