Filme Esperança – Uma produção estadunidense sobre a FEB

esperanca

Um soldado brasileiro encontra algo mais importante que a vida: a sua fé.

Prepare-se para o filme que recria um pedaço de história esquecida: os soldados brasileiros da Segunda Guerra Mundial. Uma história foi escrita para entreter aqueles que amam história. Embora seja um curta-metragem, Esperança está sendo feito por pessoas que gostam de história e quer retrata-la com precisão. Muitas pesquisas têm sido feitos em relação às armas, uniformes e veículos do período para ajudar você a experimentar a Segunda Guerra Mundial pelos olhos de um soldado brasileiro na terra italiana.

esperanca2

Gênero War/Guerra
Estúdio Pursuit Films
Realizado por Nathan Cragun
Escrito Por Nathan Cragun
Produzido por Benjamin Johnson, Nathan Cragun, Stephen Parry

osprey FEBSome light reading in preparation for my upcoming film :)

Nathaniel Paul Cragun

Facebook: Esperança – O Filme


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

17 comentários

  1. Tem trailer ja?

  2. o filme tem data de lançamento?

  3. Felipe Maricato Moura /

    Esse filme é para quando ?

  4. UbiratanPassos Filho /

    Parabéns por estas matéria sobre os expedicionários Brasileiros, são muito interessantes e por bom tempo ficou esquecidos na nossa História.
    Tive um dos meus tios que participou nesta guerra na Itália como sargento pelo 6RI de Caçapava SP.

  5. LEGAL ESSE FILME IMPOSSIVEL NAO SE EMOCIONAR, ACESSANDO ESSE SITE,QUANTO MAIS PEQUISO MAIS ME ADMIRO,SE HOJE ESTIVESSE EM 1944 TAMBEM ME JUNTARIA AOS PRACINHAS PARA IR FAZER O QUE FOI CERTO!

  6. isalete leal /

    É muito gratificante ver que outros povos estão valorizando nossos heróis. E que o mundo está começando a conhecer a FEB e seu valor.
    Parabéns pela divulgação aqui no portal.

  7. para quando e o lançamento deste filme ja temos treiller

  8. Com a palavra, os que sabem fazer filmes (Yanques). É assistir e comprovar.

  9. Marcia Font /

    Sr.Diretor, PARABÉNS! por este rico trabalho sobre a 2ª Guerra Mundial,uma verdadeira aula de história.E não esqueça de mostrar as cidades de Natal RN e Caçapava SP, onde os ex-combatentes vivenciaram grandes momentos de muita reflexão a respeito da guerra.Momento único na vida a respeito da fé e esperança, de grandes decisões sobre a vida e a morte.Sucesso!

  10. Morei na Itália, e posso dizer que os Italianos não sabem quase nada sobre isso. Até porque, participou de um determinado ponto, até a tomada de Milão. À partir daí, fez o papel de força de ocupação, e nem poderia ser diferente pelos recursos, e retornaram ao final da guerra.
    Será ótimo ver um filme, que não seja apenas algumas referencias sobre o evento.

  11. Cesar Maximiano /

    Excelente a postagem, mas por que usar a palavra “estadunidense”, em vez do correto (e mundialmente usado) “americano”?

    O uso de “estadunidense” remente à novilíngua orwelliana e tem cheiro de sangue escorrendo em paredão cubano.

    Desfigurar o idioma é o primeiro passo para desfigurar o pensamento.

  12. Ianque ficaria melhor, então?

    Chamam de americanos, como se americanos não fossem todos os habitantes do continente americano.

  13. Cesar Maximiano /

    “Ianque” é outro termo desrespeitoso para com meus amigos americanos. “Americanos” é um termo que condiz com o princípio de auto-determinação dos povos, já que o próprio nome do país, “United States of America”, foi adotado muito antes de existir qualquer idéia referente a uma coletividade americana em termos continentais. “Estadunidense” surgiu nos meios acadêmicos que propagam o anti-americanismo, algo causado pelo ressentimento com a popularidade da cultura americana, com a expansão do capitalismo e da globalização – sem os quais não existiria a Internet, e, portanto, algo que tornaria impossível esta conversa.

    Desculpe por transformar a área de comentários em um fórum. Abraços.

  14. Vamos bem longe se mandioca é aipim ou macaxeira

  15. marcio leite /

    Até agora só documentários..existem tantas histórias maravilhosas de brasileiros que serviram na guerra que nunca foram contatas em longa metragens..E pelo jeito continuará não sendo contadas pois esse é um curta-metragem. Faltam diretores de saco roxo para fazer filme sobre esses herois esquecidos.

  16. RITA DE CÁSSIA LIMA VIEGAS /

    PARABÉNS A ESTAS PESSOAS QUE TIVERAM ESTA INICIATIVA.
    HOMENAGEAR AQUELES QUE FORAM E SÃO VERDADEIROS HERÓIS NACIONAIS!
    E FAÇO AQUI MINHA HOMENAGEM NA PESSOA DE ANTONIO CARLOS GARCIA, PRIMO DO MEU PAI, CIDADÃO BRASILEIRO DE SÃO LUIS DO MARANHÃO QUE TB LUTOU NA ITÁLIA E GRAÇAS A DEUS VOLTOU VIVO.
    A ELE E A TODOS OS QUE FORAM E QUE SE FORAM:
    MEU MUITO OBRIGADA!

  17. Parabéns a todos por recriarem um momento histórico para o Brasil, um país tão carente de civismo e amor à pátria.
    Que venham outros, permitindo assim que esses heróis nunca sejam esquecidos.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Esperança – O Filme: Lançamento EXCLUSIVO no Portal FEB | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - […] outros artigos sobre a obra: Filme Esperança – Uma produção estadunidense sobre a FEB; Conheça a equipe do filme …

Deixar um comentário

Weboy