Entrevista EXCLUSIVA com o diretor da obra Que falta que me fez

Daniel Mata Roque é o diretor do documentário Que Falta que me Fez e concedeu uma entrevista EXCLUSIVA para o Portal FEB

.

1- Qual é a sua formação e os principais trabalhos da produtora “Pátria Filmes“?

Sou estudante do terceiro período de Cinema e fundador da produtora “Pátria Filmes“, responsável pela série para internet “Pátria: Golpes e Atentados“, sobre movimentos revolucionários (no sentido amplo da palavra) ocorridos na história brasileira.

2- Como foi o seu primeiro contato a FEB e a iniciativa de produzir o documentário?

Sempre gostei muito de história, principalmente de história do Brasil. Já realizei documentário sobre o Regime Militar, o recente Julgamento do Mensalão, o assassinato do Senador Pinheiro Machado e outros. Acho que chegar à FEB foi uma evolução natural para um evento extremamente importante e pouco lembrado da memória nacional. Sempre achei que o cinema era a ferramenta ideal para a divulgação de uma ideia, a discussão de uma ideologia, a preservação de uma memória. Assim, me veio a decisão de produzir o documentário com as memórias destes valorosos heróis nacionais.

3- De acordo com a sua experiência, há poucas oportunidades de incentivo para produções cinematográficas no Brasil?

Não, não acredito que sejam poucas. Eu, particularmente, não busquei incentivo (governamental ou particular) para a produção deste filme. No entanto, pelo que vemos do leque de produções nacionais, o percentual de obras “incentivadas” representa bem mais que uma grande percentagem.

4- Como foi a escolha do título e o financiamento do projeto?

O título, “Que falta que me fez”, veio da pergunta inicial do projeto:

Quando o senhor(a) estava na Itália, do que mais sentiu falta aqui do Brasil?

Durante as gravações, muitas entrevistas evoluíram para outros sentidos, se afastando da questão da palavra “saudade”, que seria mais tratada. Mas o título ficou. O projeto foi (está sendo) inteiramente financiado pela própria produtora, de forma independente, com alguma ajuda especial.

5- Como foi a primeira fase das gravações? Qual é a previsão de conclusão do projeto?

As gravações têm sido excelentes! É uma honra e uma emoção que não cabem em palavras! As entrevistas aconteceram no Rio de Janeiro, em Juiz de Fora e Belo Horizonte. Tenho encontrado pessoas muito gentis e solícitas, que me ajudaram muito, dos dois lados da câmera. O projeto já está na fase final de entrevistas, e deve ficar pronto entre maio/junho de 2014.

6- Como você pretende disponibilizar o trabalho?

O filme, inicialmente, será disponibilizado gratuita e integralmente na internet, no site da produtora (danielmataroque.wix.com/patriafilmes). Além disso, será enviado para diversos festivais de cinema e canais de televisão, em busca de chances de exibição.

7- Deixe uma mensagem para os internautas.

É, no mínimo, extremamente estranho você escutar de um herói de guerra brasileiro, durante uma entrevista, que os americanos reconhecem muito mais o valor da FEB que os próprios brasileiros. Dos Estados Unidos, eles receberam a valorosa Citação Presidencial, placas comemorativas, comendas e diplomas. No Brasil, por vezes são até alvo de deboche da população. Um outro veterano da Segunda Guerra declarou que “em Brasília, não tem um monumento ao soldado brasileiro. Na Itália tem dezenas. E não picham os monumentos!”. Desse jeito, somos forçados, à contragosto, a concordar com o General Charles de Gaulle, que quando esteve por aqui declarou que “o Brasil não é um país sério”. Por isso, uma das missões do documentário “Que falta que me fez” é provar o valor do Brasil e dos brasileiros, provar que o General estava errado.

Telefone    (21) 97104.0069

E-mail    patriafilmes@gmail.com


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Nenhum comentário

Trackbacks/Pingbacks

  1. Lançamento do documentário “Que falta que me fez” | Portal FEB - O Portal da Força Expedicionária Brasileira - […] AQUI a entrevista EXCLUSIVA com o diretor da […]

Deixar um comentário

Premium WordPress Themes