Entrevista com Mario Pereira no site Unicoop Firenze

A sigla indica a Força Expedicionária Brasileira que, durante a Segunda Guerra Mundial, participou ativamente das operações de guerra da Campanha da Itália, com uma força total de 25,334 homens. Na chegada das tropas brasileiras foram agregados ao IV Corpo do Exército do 5 º Exército dos EUA, comandado pelo general Mark Clark, enfrentou rigoroso inverno europeu entre as colinas e os picos dos Apeninos, merecendo consideração e honras. Entrou em ação em setembro de ’44 e pagaram um preço muito alto durante a Campanha: 465 perdas e cerca de 1.600 soldados feridos mais ou menos severamente.

Sua história é pouco conhecida, para mantê-la viva, o italiano Mario Pereira, fruto do casamento de um veterano da FEB com uma italiana, é o responsável por promover a Força Expedicionária Brasileira. Podemos frisar as relações e a integração dos soldados brasileiros com a população italiana, que era muito profundo e especial,diferente daqueles que foram capazes de estabelecer outras forças Aliadas. Provavelmente a partir do latim, a religião católica e a língua comum, muito mais perto de italiano que em um anglo-saxão, favoreceu a simpatia dos “pracinhas” e a população local. Muitos deles eram descendentes de italiano e podiam interagir com a população local.
“Outro fator de simpatia e gratidão foi o fato de que os brasileiros, entendendo bem o desconforto e o drama que a população estava passando naqueles tempos difíceis, repartiram os alimentos e  os medicamentos que tinham. Generosidade que foi, provavelmente, dadas as origens humildes de muitos deles”.
Segundo Mario Pereira, houve 58 casamentos entre as mulheres italianas e soldados da FEB, talvez o maior número de casamentos entre soldados das tropas Aliadas”.

Quem foram, afinal, esses soldados conhecidos pela alcunha de “Pracinhas”?

“Entretanto, deve-se dizer que o significado da expressão entendida apenas como agradável, mas também como um diminutivo, dada a estatura da tropa. Eles vieram de todas as esferas sociais e de todos os cantos do Brasil, mas um monte de pessoas estavam vindo das áreas pobres de grandes plantações de algodão, café, cana de açúcar. Muitos deles se alistou voluntariamente, especialmente quando souberam que o local onde eles estavam indo para lutar foi a Itália, a terra onde vieram seus antepassados. Cerca de 20 anos, na maioria dos casos, a sua idade”.


Qual é o sinal mais tangível de gratidão para com os soldados dos brasileiros da FEB?
“Certamente o Monumento Militar Brasileiro Votiva Pistoia (do qual o mesmo Pereira, após a morte de seu pai, ele se tornou diretor e administrador), que fica na terra que abrigava o cemitério transferido para o Rio nos anos 60. Mas há muitos exemplos de monumentos, grandes e pequenas, oferecidos pelo povo para a memória dos soldados brasileiros. Um Massarosa, por exemplo, há um quadrado (para o lado do município) dirigido para a FEB. E onde os brasileiros lutaram grandes batalhas, (Monte Castelo, Montese, Castelnuovo di Vergato, Fornovo Taro e Collecchio) municípios que homenagearam os Pracinhas “.

 

 Escrito por Bruno Santini 27 de março de 2012

Link original: http://www.coopfirenze.it/informazioni/informatori/articoli/11980#.T3LQhCUEDqA.facebook


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

2 comentários

  1. Muito linda essa homenagem,pena que no resto da Italia ninguem sabe que o Brasi lutou na segunda guerra.
    Moro na Sicilia e aqui todos os amigos que tenho ficam pasmos em saber que o Brasil teve essa participaçao.
    Estranho!!!!?????

  2. Ao menos alguem fez um livro!

    Ezio Trota-Giovanni Sulla

    Gli eroi venuti dal Brasile Storia fotografica del Corpo di Spedizione brasiliano in Italia (1944 – 45)

    Questa opera valorizza molto il contributo brasiliano nell’impegno di guerra delle forze alleate, un contributo che, come gli stessi autori sottolineano, é ancora relativamente sconosciuto a molti italiani, soprattutto alle generazioni più giovani.

Deixar um comentário

WordPress主题