Cineasta é condecorado por documentário sobre o Brasil na Segunda Guerra

O cineasta Luís Mario Fontoura foi condecorado com a “Medalha do Jubileu dos 70 anos da Vitória Inter-Aliada na Segunda Gurra Mundial”, concedida pela Delegacia da Academia de História Militar Terrestre em Caxias do Sul (RS) em conjunto com o Núcleo Municipal da Liga da Defesa Nacional em Caxias do Sul (RS). A concessão se deu em reconhecimento pelo trabalho realizado com o documentário “Por Mais Terras que Eu Percorra…”, realizado no Brasil e na Itália, com enfoque na realidade da época, a participação da FEB e da FAB no conflito e suas repercussões. Foi veiculado em 2014 na RBS TV (afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul), sendo um projeto viabilizado dentro do edital da programação “Curtas RBS”. Participaram também na equipe deste documentário Valeria Tovar Verba, Bruno Carvalho, Pablo Escajedo e Denise Marchi.
 
A entrega se deu na reunião almoço de quarta-feira, 23 de março de 21016, na sede da Associação Nacional dos Veteranos da FEB – Seção Regional de Porto Alegre (RS), sendo o paraninfo o Dr. Jorge Krieger de Melo, Presidente daquela entidade. Na oportunidade, o Presidente e demais veteranos presentes ressaltaram a qualidade do audiovisual e o aspecto de incorporar os depoimentos de historiadores contemporâneos, que marcam a perspectiva dos entendimentos mais atuais sobre os episódios. O agraciado fez uso da palavra e agradeceu pelo reconhecimento aos dirigentes das entidades mantenedoras da medalha e a oportunidade de se estar em confraternização com os veteranos, assim como lembrou que o audiovisual encontra-se disponível para ser assistido na internet. Prestigiaram a entrega o oficial de Comunicação Social do CMS, o TC Joel Ferreira Pedreira, a diretoria da Associação dos Veteranos do Batalhão Suez – ABIBS/Sul, da Legião da Reserva Altiva (Veteranos da Brigada Militar – PM do RS), do Pelotão ANTARES de Preservadores de Viaturas Militares Antigas e amigos e familiares dos veteranos.
 
SERVIÇO:
 
As reuniões da ANVFEB – S.R. Porto Alegre se dão todas as quartas-feiras na sede, situada à Avenida João Pessoa n° 567 (Centro Histórico/Porto Alegre) – Fundos do anexo da Policlínica Militar de Porto Alegre (PMPA). As portas da Casa da FEB PoA se abrem ao público neste dia às 11h e a confraternização se dá na área de lazer coberta e refeitório no pátio dos fundos, junto à cancha de bocha. Antes do almoço é servido um aperitivo e a reunião começa pontualmente ao meio-dia e se encerra pontualmente à uma hora da tarde. A comida é de de boa qualidade (prato quente, acompanhamento de carne e saladas) e são servidas bebidas diversas, entre água, refrigerante, cervejas e vinho, seguidos de sobremesa. Tudo está incluso na taxa de adesão de R$ 20,00. Não há vagas para estacionamento no pátio, mas um serviço de garagem particular é disponibilizado há 50 metros do local. A segurança, por se tratar de Área Militar, é provida pela Companhia de Guardas do Exército. Em média, entre 45 e 60 pessoas comparecem aos encontros, sendo o local apropriado para acomodar a todos e conta ainda com uma exposição permanente de painéis sobre a Segunda Guerra Mundial e um excelente clima familiar e de confraternização.
 
Confira através dos links os quatro episódios da série “Por mais terras que eu percorra“.:
 
Episódio 1
 
 
Episódio 2
 
 
Episódio 3
 
 
Episódio 4
 

COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

Deixar um comentário

Weboy