Longa Jornada com a FEB na Itália: Max Wolff Filho – Um Líder

Longa Jornada com a FEB na Itália: Max Wolff Filho – Um Líder

14 jan, 2013

Para Taltíbio Custódio, “heróis são aqueles que tombaram em combate”. Dentre os 465 heróis brasileiros que perderam a vida na Itália, alguns, pela magnitude e representatividade dos seus feitos, tiveram maior relevância. Uma dessas figuras singulares é o Sargento Max Wolff Filho. Nascido em Rio Negro-PR, aos 33 anos apresentou-se voluntariamente...

Longa Jornada com a FEB na Itália: Missão Cumprida!

Longa Jornada com a FEB na Itália: Missão Cumprida!

13 jan, 2013

Entre todos os pracinhas que prestaram depoimento, é unânime a opinião de que a guerra não vale a pena. Ao definir sua participação na FEB, Eugênio Lombardo alega que a guerra representou mais uma missão a ser bem cumprida. “Defendemos o Brasil e ajudamos a FEB a cumprir bem a sua missão, no sentido de acabar com a guerra”. Alcides Basso é...

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A Liderança

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: A Liderança

8 jan, 2013

Visita do Comando da FEB ao hospital, nos EUA. Acervo do Vet. Geraldo Antônio Sanfelice Na opinião dos pracinhas, na guerra, é fundamental que o comandante disponha da confiança da tropa. O ideal é que a ele esteja associada a imagem do líder, que convence pelo exemplo. Para Geraldo Sanfelice, em Montese, a FEB só teve sucesso, porque “o comandante...

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Legado para o Exército

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Legado para o Exército

3 jan, 2013

Foto do acervo pessoal do Vet. Ary Dal Pozzolo (em memória) No Exército Brasileiro, a FEB é considerada um divisor; sobretudo, no aspecto do relacionamento interpessoal. No início da década de 1940, o Exército seguia a doutrina militar da escola francesa. Entre oficiais e praças havia uma barreira quase intransponível, estabelecida por um rígido regime...

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Aprendizado

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Aprendizado

2 jan, 2013

Para a maioria dos pracinhas, a guerra foi uma grande escola para a vida. Quem conviveu com os seus horrores, não os esquece. Os fantasmas sempre voltam para assombrar. Por outro lado, os muitos ensinamentos colhidos foram úteis ao longo da vida. Para Alcides Basso, “na guerra, a gente aprende a valorizar a vida e aprende a importância da solidariedade”....

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Reaprendendo a andar

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Reaprendendo a andar

12 out, 2012

Bushnell General Hospital e pracinhas em recuperação Acervo de Geraldo A. Sanfelice Muitos dos pracinhas mutilados em combate, antes de retornarem ao Brasil, passaram por um processo de reabilitação, nos Estados Unidos. Cerca de trinta militares viveram esta experiência. Geraldo Sanfelice foi evacuado de navio, após amputar a perna em um hospital de...

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Notícias desalentadoras

LONGA JORNADA com a FEB na Itália: Notícias desalentadoras

14 set, 2012

Alcides Basso diz que escreveu a última carta para a família, antes de seguir para o front, quando ainda estava em Stáfoli. “Desde meados de abril, não mantive mais contato com ninguém. Na verdade, nem havia escrito que estava seguindo para a linha de frente, pois isso não era permitido. As nossas madrinhas de guerra (LBA), que estavam a par do que...