60 anos do Museu Max Wolff Filho – Museu do Expedicionário

60 anos do Museu Max Wolff Filho (Museu do Expedicionário) em Curitiba e homenagens a personalidades civis e militares que contribuem para a preservação e divulgação da história da FEB

O Museu Tenente Max Wolff Filho, um dos maiores heróis brasileiros durante a segunda guerra mundial – nascido em Rio Negro no Paraná, é conhecido carinhosamente como Museu do Expedicionário. É propriedade da Legião Paranaense do Expedicionário, uma associação dos ex-combatentes que serviram na FEB (Força Expedicionária Brasileira) durante a Segunda Guerra Mundial e, a partir de 1980 – através de um convênio firmado – tem a administração, conservação, funcionamento, segurança e manutenção das instalações e do acervo sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. Existe desde novembro de 1946, mas sua inauguração tem como data oficial o dia 15 de Novembro de 1951. O Museu está localizado na praça do expedicionário, no centro de Curitiba, onde estão representadas – através de uma aeronave, de um tanque e uma âncora e um torpedo – as três forças armadas. Além disso, existe uma lápide em homenagem aos soldados paranaenses mortos em combate, uma escultura – no alto do prédio – que reproduz uma patrulha militar durante o conflito e um “obus” terra-ar alemão representando as conquistas brasileiras durante o conflito.

O Museu do expedicionário é um dos mais completos museus temáticos brasileiros sobre a Segunda Guerra Mundial. Neste espaço podemos encontrar vários objetos, documentos, uniformes, armas, munições e fotos referentes à guerra, na maioria doados pelos próprios ex-combatentes.

A RPCTV (Rede Paranaense de Comunicação), afiliada à Rede Globo no estado, exibiu recentemente uma série com quatro capítulos no programa “Meu Paraná” mostrando a participação dos paranaenses (soldados, enfermeiras, pilotos, pacifistas da época) durante a segunda guerra mundial.

Durante as comemorações pelos 60 anos do Museu e a formatura de militares com a presença de ex-combatentes, houve uma homenagem através de certificados a toda a equipe da RPCTV que produziu a série, especialmente, aos jornalistas Fernando Parracho, Dirceu de Souza e Alexander De Marco –  idealizador do projeto, editor e repórter cinematográfico. Estes receberam medalhas e certificados das mãos dos pracinhas, do comandante da 5ª Região Militar e da presidente do Museu do Expedicionário, Sra. Valderez Archegas.

1)    Paraná TV 1ª Edição

http://g1.globo.com/videos/parana/v/museu-do-expedicionario-comemora-60-anos/1706083/#/Paran%C3%A1TV1/Curitiba/20111123/page/1

 

2)    Paraná TV 2ª Edição

http://g1.globo.com/videos/parana/v/museu-do-expedicionario-completa-60-anos/1706642/#/Paran%C3%A1TV2/Curitiba/20111123/page/1

 

Colaborador: Alexander De Marco – RPCTV/Globo do Paraná

Projeto e Pesquisa: Alexander De Marco
Auxiliar Técnico: Dirceu de Souza
Edição de Imagens: Alexandre Marques
Repórter: Fernando Parracho
Produção: Alexander De Marco e Jorge Narozniak
Imagens e Edição: Alexander De Marco
Realização: RPCTV – Rede Paranaense de Comunicação, afiliada à Rede Globo no Paraná.


COMPARTILHE ESSE ARTIGO!

Facebook Twitter Email Plusone



VEJA ALGUNS ARTIGOS QUE POSSAM LHE INTERESSAR!

1 comentário

  1. que deus os tenham em bom lugar amor a patria amor a liberdade herois da paz e justica no mundo

Deixar um comentário

WordPress Blog